Ministro Dalazen visita Associação de Advogados em São Paulo

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro João Oreste Dalazen, esteve hoje (27/02) na sede da Associação dos Advogados de São Paulo (AASP). Durante a visita, o ministro conheceu o sistema de ensino a distância da entidade, que, no ano passado, firmou convênio com o CSJT para capacitação de advogados no uso do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT).

A AASP possui uma moderna estrutura de transmissão de cursos via satélite e pela internet. Mediante parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, 301 pontos de recepção retransmitem as aulas em todo o país. Os inscritos podem assistir às aulas nos locais indicados pelas subseções da OAB ou pela internet, dependendo do curso. Além disso, durante a transmissão ao vivo das aulas, os participantes podem interagir com os professores por meio de um chat moderado.

O presidente do TST e do CSJT reforçou o papel estratégico da entidade na capacitação de advogados para uso do PJe-JT. Com a parceria, o objetivo é que os instrutores da AASP multipliquem conhecimento em módulos específicos para advogados. O ministro ressaltou que a chegada do PJe-JT a São Paulo, com a instalação do sistema, às 17h, na Vara do Trabalho de Arujá, representa uma “mudança de paradigma”.

A entidade, que tem cerca de 89 mil associados em todo o País, possui um laboratório de informática para aulas práticas sobre sistemas informatizados e uma videoteca com amplo acervo de cursos. A AASP também fornece certificados digitais, considerados imprescindíveis para acesso ao PJe-JT.

O presidente do TST e do CSJT foi recebido pelo presidente da AASP, dr. Arystóbulo de Oliveira Freitas, e pelo vice-presidente, Sérgio Rosenthal.

Também participaram da visita o advogado Luiz Carlos Moro, assessor da diretoria da AASP, o advogado Fernando Brandão Whitaker, 2º secretário da entidade, o juiz do Trabalho Alexandre Azevedo, auxiliar da presidência do CSJT, e o dr. Paulo Camarão, gerente executivo do PJe-JT.