APÓS ATAQUE DE FÚRIA HOMEM ATROPELA DUAS PESSOAS MAS É LIBERADO EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

A justiça permitiu que Tiago Santos Ferreira, de 31 anos, responda em liberdade aos crimes de tentativa de homicídio, lesão corporal, ameaça e descumprimento de medida protetiva. No fim de semana, ele teve um ataque de fúria e invadiu a casa da ex-mulher com o carro dela. O imóvel foi parcialmente destruído e duas pessoas foram atropeladas.

Os crimes aconteceram no sábado (14), em Eldorado, na região do Vale do Ribeira, interior paulista. Antes de invadir a residência da ex, Ferreira atropelou duas pessoas e acabou preso em flagrante pela polícia. Na audiência de custódia, mesmo com antecedentes de ameaça, ele acabou liberado.

“Eu não quero o mal dele. Eu só queria que a gente tivesse proteção, que a gente tivesse vida e segurança. Estamos com medo”, desabafou a autônoma Madalena Amaral da Silva, ex-cunhada do agressor. O receio dela e de outros familiares é de que Tiago cumpra as ameças que tem feito contra a ex-mulher.

Em razão das agressões verbais, vigorava uma medida protetiva que o mantinha afastado da ex. Em depoimento, a mulher afirmou que não foi agredida por ele, mas que sofria em razão da violência psicológica. O carro utilizado no momento em que ele invadiu o imóvel era dela. O veículo também foi destruído.

O caso
De acordo com a polícia, por volta das 10h, o autor conduzia o carro em alta velocidade na rodovia que dá acesso à entrada da cidade, quando acabou atingindo uma kombi. Em seguida, ele agrediu o motorista com dois socos e o fez segui-lo até a casa da ex, com a promessa de que poderia pagar pelos danos.

Chegando ao local, que fica na Rua Prefeito Antonio Ferreira Barbosa, no bairro Vila Nova Esperança, a ex-companheira presenciou a discussão e propôs chamar a polícia, para registrar o boletim de ocorrência da batida do carro. Porém, o homem surtou, começou a ofendê-la e, também, xingar seus familiares.

A ex-sogra de Tiago, que tem 80 anos, também foi alvo dos xingamentos. Em depoimento, a mulher contou que seu sobrinho se revoltou com a situação e também entrou na discussão para defender a avó. Foi quando o autor dos crimes voltou para o carro, deu meia volta na rua e atropelou o rapaz, que foi lançado longe.

Ele ainda acertou um rapaz que passava pela rua e, ao tentar atingir a ex-cunhada, acabou colidindo o carro contra o muro da casa, que ficou destruído. A Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e, ao chegar ao local, conseguiu deter o suspeito. A Polícia Civil o prendeu em flagrante.

O sobrinho da mulher foi quem ficou mais machucado. Ele foi socorrido e encaminhado para a Santa Casa de Eldorado, onde foi medicado e liberado. A outra pessoa apresentava apenas escoriações. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade.

Blanco Advocacia – Advogados para Crime de Lesão Corporal na Direção