VENDA DE PRODUTOS FALSIFICADOS FAZ SHOPPING POPULAR DO BRÁS SER ALVO DE OPERAÇÃO DA RECEITA FEDERAL

A Receita Federal realiza uma operação para combater a venda de produtos falsificados (calçados) em um shopping popular do Brás, no Centro de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (8).

A operação realizada com o apoio da Prefeitura Municipal de São Paulo foi batizada de “Pseudopodes 4”, em referência ao termo grego, que também é utilizado pela biologia e significa pés falsos.

Venda de Produtos Falsificados

De acordo com a Receita, a estimativa é apreender mais de 15 mil pares de calçados, com valor de mercado aproximado de R$ 2,5 milhões.

A falsificação sonega tributos que deixam de ser recolhidos aos cofres públicos.

Além da perda das mercadorias apreendidas, os responsáveis devem ser representados pelo crime de contrabando.

Apreensões da PRF em MT e Crime de Descaminho

Na noite de segunda-feira (06), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Mato Grosso também apreendeu uma grande quantidade de produtos, após receber informações da Receita Federal do Brasil, de veículos que estariam praticando crime de descaminho, em Primavera do Leste.

Por volta das 21h14, a equipe abordou o veículo Ford/Ecosport Fsl, de cor prata e placas de Primavera do Leste, tendo como condutor um homem de 51 anos. O outro veículo, uma Toyota/Hilux, de cor prata e placas do mesmo município, estando ocupada pelo condutor de 27 anos e dois passageiros (40 e 35). Segundo informações da Receita Federal, os veículos saíram de Salto Guaíra, no Paraguai com destino à Primavera do Leste.

Durante a abordagem, a equipe encontrou grande quantidade de equipamentos eletrônicos, bebidas alcoólicas e acessórios de pesca. Os PRFs encontraram, também, um sistema de comunicação via rádio em ambos veículos.

Diante da situação, envolvidos e mercadorias foram encaminhados para Polícia Civil de Primavera do Leste.

Documentação Irregular

Durante a tarde de terça-feira (07), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) veio a apreender uma carga de 1.035L de cerveja, durante fiscalização na BR-364, em Rondonópolis.

Por volta das 17h30, a equipe abordou o caminhão VW/25.320 Master, de cor branca e placas de Rondonópolis, que era conduzido por um homem de 32 anos.

Os policiais solicitaram a documentação, e ao analisar o Danfe (Documento Auxiliar de Nota Fiscal Eletrônica) foi encontrada irregularidade no documento. Em consulta junto à SEFAZ (Secretaria do Estado de Fazenda), a equipe foi informada que o documento era inidôneo.

Diante da situação, foram apreendidas 3850 caixas de cerveja em lata (269ml) e encaminhadas ao Posto Fiscal Rio Correntes (SEFAZ/MT).