JUIZ SÉRGIO MORO LIBERA DEPOIMENTOS RECONHECENDO CRÍTICAS

Após vários meses sendo criticado pelos melhores advogados criminalistas do Brasil que defendem seus clientes na Operação Lava Jato, juiz libera os depoimentos dos principais delatores. Entre eles está o Dr. Enderson Blanco que inclusive o criticou através de um vídeo no youtube publicado no dia 26/11/2014, alegando que o juiz estava mantendo os depoimentos dos delatores a margem da escuridão, reconhecendo agora que o poder judiciário não se presta para ser guardião de segredos sombrios. veja o video.  https://www.youtube.com/watch?v=taGDqn_iTOI&hl=pt&gl=BR

A bem da ampla defesa e do princípio da publicidade dos processos“, o juiz Federal Sérgio Fernando Moro autorizou nesta quinta-feira, 12, a divulgação de 63 novos depoimentos do doleiro Alberto Youssef e do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, provenientes de acordo de delação premiada no âmbito da operação Lava Jato.

Ao justificar a liberação, Moro esclarece que não se trata de “vazamento” de informação – mas de levantar o sigilo sobre prova em processo sobre o qual não foi decretado segredo de justiça – e afirma: “Não se presta o Judiciário para ser o guardião de segredos sombrios“.

No despacho, Moro esclarece que o acesso só não foi viabilizado antes porque os depoimentos não estavam com o juízo, sendo recebidos apenas em 21 de janeiro. “Foi necessário examiná-los um a um ­ e são dezenas ­ para verificar se a divulgação não prejudicaria investigações em andamento.”